Informação sobre a disfunção eréctil, histórias e notícias relacionadas com esta condição e o seu tratamento.

02
Out 13

A prótese ou implante no pénis pode ser uma hipótese para a cura da disfunção eréctil. Apesar de menos popular que outros tratamentos para a impotência, este dispositivo é implantado directamente no pénis, mais propriamente na sua câmara, permitindo uma erecção suficiente para manter uma relação sexual. Esta hipótese de tratamento apenas está indicada a pacientes cujas causas da disfunção eréctil foram diagnosticadas com sucesso e cujo tratamento com medicamentos de prescrição não foi viável. Está especialmente indicado em pacientes com Doença de Peyronie, cuja formação de tecido cicatricial leva à curvatura do pénis, impossibilitando a relação.

 

Como funciona o implante do pénis?

 

Os implantes do pénis podem ser de três tipos: maleavéis, insufláveis e hidráulicos, estes últimos mais naturais e uma das melhores opções. No caso do implante insuflável, este consiste em dois cilindros (implantados no pénis) e uma bomba (geralmente localizada por baixo do escroto, entre os testículos). Para conseguir uma erecção, o homem tem de pressionar a bomba, que leva à transferência de fluído de um reservatório para os cilindros no pénis, levando à erecção. Após a relação, basta activar a válvula de descompressão, permitindo que o pénis retome a sua flacidez natural.

 

 

Relativamente à discrição do implante, este passa muitas vezes despercebido, sendo em alguns casos notada uma pequena cicatriz no pénis, junto à transição para o escroto, pelo que esta não deve ser uma preocupação durante a relação ou durante a utilização de casas-de-banho públicas. Apesar de proporcionar erecções mais fortes e semelhantes às que o homem conseguiria de forma natural, o implante no pénis não altera a sensibilidade, o desejo sexual masculino ou a capacidade do homem conseguir atingir o orgasmo. A taxa de eficácia e de satisfação é elevada, com 90% dos pacientes a conseguirem erecções fortes e duradouras com estes dispositivos. O implante no pénis pode ser uma solução a ter em contra, principalmente em homens com um grau elevado de disfunção eréctil, cujo tratamento com outros métodos não se revelou bem sucedido.

 

publicado por Tim às 12:22

Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30


arquivos
Google +1
Twitter
mais sobre mim
pesquisar
 
Contador
blogs SAPO